como ver :


     O objectivo é fazer com que os seus olhos convirjam num ponto que está situado para além do ecrã. O que não é fácil já que, durante a sua vida, eles foram treinados para fazer precisamente o contrário: convergir no plano do papel ou do ecrã.
Comece por olhar bem de frente para o ecrã, num sítio com boa iluminacão. O mais conveniente é que se sente e apoie os cotovelos na mesa. Como tudo isto exige uma certa tranquilidade, é conveniente fazê-lo num lugar calmo sem espectadores que o(a) possam distrair. Coloque-se suficientemente próximo do estereograma para que a sua imagem ocupe uma boa parte do seu campo de visão. Em seguida vem a parte difícil.

     Como é que se olha para "além" de uma coisa? A receita não é fácil. Pode imaginar um ponto no espaço, atrás do ecrã e tentar olhar para ele, mas isso pode não resultar. O mais simples é talvez fazer aquele olhar "perdido no espaço", que fazemos quando estamos completamente distraídos e sonhadores. O principal problema é que, quando olhamos "para além" do desenho, este se transforma num borrão sem sentido e a parte do seu cérebro responsável pela visão detesta processar imagens sem sentido. É por isso que ela vai querer forçá-lo(a) a olhar para o ecrã Resista. Se conseguir olhar para além do ecrã durante tempo suficiente (às vezes uns minutos, às vezes meia-hora...) às tantas a imagem que você espera vai aparecer. Tenha fé. O resultado vale o esforço.

     Existe um pequeno número de pessoas que nunca consegue ver a terceira dimensão dos estereogramas - fala-se em 10 por cento. No entanto, esgote todas as técnicas disponíveis antes de conduir que você pertence a este grupo.

José Vítor Malheiros
                                                  regressar

© 2004 Citipress. Todos os direitos reservados.